Notícias

MAIO 2008

O Curta-metragem Réquiem de uma Musa foi selecionado para o XI Videvideo

O Videvídeo, Festival Nacional de Cinema e Vídeo Universitário da UFRJ selecionou o Réquiem de uma Musa na Mostra competitiva. O curta/metragem. Com argumento original de Fernando Campos, com Interpretação de Cristina Pinheiro e música de João Gabriel Herculano. O Figurino é de Patrícia Muniz.

O curta-metragem está no Programa V e faz a sua estréia no Rio de Janeiro. Ele será exibido no CPM na UFRJ, no Ponto Cine Guadalupe e no Centro Cultural Professor Horácio Macedo.

Maiores informações no site do festival http://www.eco.ufrj.br/videvideo/

_________________________________________________________________________________________________

ABRIL 2008

Je suis Jean Cocteau participa do Festival Eletrochoc na França

O Documentário Poético sobre o poeta e cineasta Jean Cocteau foi convidado para ser exibido no Festival Eletrochoc, inseridos numa parceria com um colectivo de artistas chamado LeMatrice.

Ao todo serão três exibições do Je suis Jean Cocteau. O festival aconteceu entre os dias 2 a 5 de abril no Espaço Grenette, na cidade de Bourgoin-Jallieu em França, inserindo-se na terceira edição do Festival Electrochoc

. Esta exibição só foi possível devido a parceria do Cinema de Poesia tem com o porjeto Videolab em Portugal.

Site do Videolab http://projectovideolab.blogspot.com/
Site do festival Eletrochoc http://www.myspace.com/festivalelectrochoc

Duas animações na 3ª Mostra de Cinema de Animação da Baixada Fluminense

O Cinema de Poesia foi selecionado para participar do Baixada Animada 2008.
O evento aconteu durante todo o mês de Abril, com exibição em Mesquita, Nova Iguaçu e Duque de Caxias. As animações selecionadas foram A Força e Metonímico.

Site do festival http://wwwbaixadaanimada.com.br

Abismo da Alma e A Força são selecionados na 2 Edição da Mostra Cariri

A Mostra acontecerá nos dias 01, 02 e 03 de maio de 2008, simultaneamente nas cidades de Crato(Teatro da REFSA), Juazeiro do Norte(Centro Cultural Banco do Nordeste) e Nova Olinda(Fundação Casa Grande), com uma programação que incluirá além dos filmes selecionados para os 4 programas do evento, mesa-redonda, palestras,  oficinas e shows.

Festival de Rwanda Seleciona Três tons sobre o poema de um pintor.

O primeiro curta do Cinema de Poesia, Três tons sobre o poema de um pintor, foi selecionado no festival de Rwanda, na África. Junto com diversas produções de todo o mundo.O trabalho foi  exibido no dia 28 de março.

http://www.rwandafilmfestival.org/rffgeneralprogr.pdf

_________________________________________________________________________________________________

NOVEMBRO 2007

Cinema de Poesia Vence Festival Sadho Poetry Film Festival na Índia

O curta-metragem A Lua foi premiado no Sadho Poetry Film Festival, na Ìndia. O Festival em sua primeira edição realizou uma seleção de filmes de poesia e  trabalhos experimentais de 23 países, exibindo ao todo 88 trabalhos. Destes  22 foram nomeados a premiações e sete receberam o prêmio de melhor trabalho do Festival, entre eles, A Lua.

Após 5 anos de planejamento o Festival Sadho Poetry Film Festival parte para a sua segunda etapa que, em 2008, exibirá os filmes em mais de 20 cidades da Índia. O Festival realizou encontro com diversos cineastas, promovendo um espaço para debate de um cinema fundamentado na Poesia.

O curta-metragem A Lua tem 4 minutos de duração. Com argumento original de Alan Castelo o trabalho foi realizado pela diretora e atriz Cristina Pinheiro e pelo poeta André Scucato. Com um olhar poético sobre o urbano, transforma uma luminária em Lua. Gravado em Porto Alegre no Hotel onde viveu por muitos anos o poeta Mário Quintana.

site Oficial http://www.sadho.com/sadho_filmfest_awards.html

O curta-metragem A Lua é finalista no Festival dedicado a filmes poéticos Sadho Poetry Film Fest

O Festival Sadho Poetry Film Fest começou no dia 13 e 14 de outubro em Nova Deli, capital da Índia.   Depois  caiu na estrada exibindo em mais de 20 lugares diferentes no interior do país.

No total o Festival exibiu  88 curtas de 23 países diferentes, representando os cinco continentes. O Cinema de Poesia teve o filme Jardim do Poeta e A Lua selecionados no Festival.

O curta-metragem A Lua foi nomeada para concorrer a um dos prêmios no Festival. Outro curta brasileiro indicado foi Tyger, de Guilherme Marcondes. O Resultado sai até o final desta semana.

Site do Festival
http://www.sadho.com/

Oito curtas selecionados no FLO – FEstival do Livre Olhar

O Cinema de Poesia teve oito trabalhos selecionados no FLO. Abismo da Alma, A Flor da Tela, Réquiem de uma Musa, A Força, A Morte do Enforcado, Compassos Formigáveis, O Eremita, O Mago. Muitas são as proximidades entre o pensamento da companhia artística Cinema de Poesia e o coletivo do Cine 8.

Importante ressaltar que a primeira mostra do Cinema de Poesia no Brasil foi possível no FLO de 2005, onde realizamos a exibição de diversos trabalhos da companhia.

O FLO acontece entre os dias 20 a 25 de Novembro e terá como um dos homenageados o cineasta Luiz Rosemberg Filho, além de workshops e diversas oficinas e cursos sobre cinema.

Site oficial http://cinema.com.br/flo2007/

Quatro curtas selecionados no Muri Cine

O Cinema de Poesia teve quatro curtas selecionados na II Mostra Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental Nova Friburgo. O Evento reúne filmes, vídeos, oficinas, debates, palestras, mesas-redondas e exposições com a temática ambiental.

O cinema de Poesia terá os curtas  Compassos Formigáveis, O Eremita, A Lua e o Sol exibidos no domingo, 18 de novembro em nova Friburgo, às 17:00.

Para maiores informações acessem o site
http://www.sabormury.com.br/muricine

_________________________________________________________________________________________________

SETEMBRO   2007

O Festival do Irã seleciona o Trem do Poeta

O filme Trem do Poeta foi selecionado para participar do Tehran International Short Film Festival (TISFF) 2007. O festival será entre os dias 21 e 26 de outubro, no Irã.

Site do Festival. www.shortfilmfest.ir

Dois curtas selecionados para o Sadho Poetry Film Festival

Jardim do Poeta e a Lua foram selecionados para participar do Sadho Poetry Film Festival, entre os dias 13 e 14 de outubro na cidade de Nova Deli, na Índia.

Em 2008 o Festival saí em turnê para mais de localidades dentro do país.

Site Oficial http://www.sadho.com/

A Força é o segundo curta mais votado em sua categoria.

O curta-metragem A Força termina o Digifest 2007 (Festival online) entre os 20 mais votados. O Festival esteve aberto a votação on line com 207 participantes de diversos países. A Força ficou na 18 Posição, competindo com filmes de ficção, música, animação, cinema e esporte. Na categoria Video de arte ficou na 2 posição.

http://www.digifestival.net/

_________________________________________________________________________________________________

AGOSTO 2007

O curta A Força concorre no Digifestival na Itália

A Força foi convidada a participar do Digifestival, Festival que acontece via internet. O Festival italiano vai até o dia 15 de setembro. Além do o curta-metragem de animação “A Força” você encontra trabalhos de diversos países.

http://www.digifestival.net/2007/videoart.php

O Cinema de Poesia tem uma sessão especial na III Mostra Internacional de Curtas-Metragens da UNIOESTE.

O documentário poético Je Suis Jean Coteau, premiado no Portobello Film Festival com melhor filme de arte, será exibido no dia 28 de agosto de 2007, ás 19h40.

Na sessão especial o Cinema de Poesia apresenta sua série sobre Figuras de Linguagem com Sinestesia, Metonímico, Antítese, Prosopopéia.

Na série teatral The Play e Femina Cristais. Na série Pintura será exibido A Flor da Tela, Trem do Poeta, Jardim do Poeta, Elevador do Poeta.

No festival haverá uma sessão da Mostra do Filme Livre, com alguns trabalhos exibidos na MFL no Rio de Janeiro. O festival também possui palestras e debates.

Site oficial http://www.unioeste.br/eventos/mostra/mostra.swf

Abismo da Alma selecionado no Festival Curta Canoa.

O III FEstival Latino Americano de Canoa quebrada selecionou o curta Abismo da Alma para a mostra competitiva do Festival. Pelo terceiro ano consecutivo o Cinema de Poesia é selecionado para o Festival. No primeiro ano o selecionado foi o Trem do Poeta. No segundo ano o curta Femina Cristais.

site http://www.curtacanoa.com.br/

O melhor filme de arte do festival de PortoBello é Brasileiro

A companhia artística brasileira Cinema de Poesia conquistou o prêmio de melhor filme de arte no festival de Portobello,Inglaterra, com o curta-metragem Je suis Jean Cocteau. O festival, considerado um dos maiores da Europa,exibiu no mês de agosto mais de 600 trabalhos de diversos países.

Os diretores Cristina Pinheiro e André Scucato assinam a trilha sonora, composta à quatro mãos no piano, sob a orientação do músico João Gabriel Herculano.

A companhia artística já exibiu suas obras em mais de 25 países, participando de 120 festivais nacionais e internacionais de cinema e arte. Esta semana a companhia levou dois prêmio no Festival Guaçuano de Vídeo. O curta “Abismo da Alma” levou o prêmio de melhor vídeo arte no juri popular e “A Flor da tela”,sobre o pintor Fernando Campos, recebeu o prêmio de melhor vídeo de arte pelo juri técnico.

_________________________________________________________________________________________________

JUlHO 2007

Je suis Jean Cocteau indicado ao prêmio de melhor filme de arte no Portobello Film Festival na Inglaterra

Entre mais de 700 curta-metragens exibidos o festival PortoBello Film Festival, um dos mais representativos Festivais de Cinema Independente da Europa, indicou o curta-metragem Je suis Jean Cocteau para a categoria de melhor vídeo de arte do Festival.

A noite de premiação será no dia 21 de agosto , no Eletric Cinema. Os outros dois indicados para premiação são os curtas Pale Blue Dot e Baron Samedi.

http://www.portobellofilmfestival.com/index.html

Abismo da Alma e Flor da tela são premiados como melhor vídeo de arte no V Festival Guaçuano

O curta-metragem Abismo da Alma ganhou o prêmio de melhor vídeo de arte pelo juri popular do Festival Guaçuano de Vídeo 2007, realizado em Mogi Guaçu, estado de São Paulo.

O Curta A Flor da tela foi premiado como melhor vídeo de arte pelo Juri Técnico.

O Festival foi o primeiro a exibir o novo curta do cinemade Poesia no Brasil, Réquiem de uma musa, que já foi exibido no Porto Bello Film Festival, e no Festival internacional de cinema e vídeo independente de Nova Iorque.


Três curtas selecionados no Porto Bello Film Festival

O Documentário Je suis Jean Cocteau será exibido no dia 05 de agosto. Abismo da Alma será exibido no dia 15 e no dia 18 ao ar livre é a vez da estréia de Réquiem de uma Musa na Inglaterra. No ano passado o Cinema de Poesia exibiu 17 curtas-metragens neste festival.

O Porto Bello Film Festival é considerado pelo The Independent como a maior celebração do filme independente na Europa. Criado em 1996 com a intenção de promover novos cineastas,durante 3 semanas, irão exibir músicas, filmes e artes visuais para um público estimado em 15 mil pessoas.

http://www.portobellofilmfestival.com/index.html

ABISMO DA ALMA SELECIONADO PARA A JORNADA INTERNACIONAL DA BAHIA

O curta Abismo da Alma foi selecionado para a mostra competitiva da XXXIV Jornada Internacional de Cinema e Vídeo da Bahia. A 34 Edição do festival teve recorde de inscrições, com mais de 500 vídeos.

Esta edição tem como lema o ideário de Um Mundo mais Humano, e está programado para acontecer entre os dias 12 e 18 de setembro de 2007, na Bahia.
Site: www.jornadabahia.com

Trem do poeta selecionado no Festival de Baja, México

O curta Trem do Poeta foi selecionado para competir no festival Baja California Film Festival, que acontecerá entre os dias 27 de agosto e 2 de setembro. O festival será na cidade de Tijuana, México.

Lembrando que México foi o país de Estréia do Trem no ano de 2005 durante o Sin Fronteira Film Festival,abrindo o festival em sua noite de inauguração.

http://www.bajacaliforniafilmfest.org/

Carro selecionado no Festival Detmold, Alemanha

O Carro foi selecionado no International Short Film Festival Detmold, que acontecerá entre os dias 26 a 30 de setembro. Serão 180 curtas de 48 países. A exibição dos curtas serão acompanhadas de instalações e concertos.
O festival será na Alemanha.

site:
http://www.fest-der-filme.de/start_en.html

Réquiem de uma Musa estréia em Nova Iorque.

O festival conhecido como a voz do filme independente acontece nas cidades de Nova Iorque e Los Angeles durante o mês de Julho. Com cobertura intensivo de mídias como Fox, CNN, New York Times, Wall Street Journal, New York post entre outras mídias. O  evento é um dos maiores encontros do Cinema Independente em todo o mundo.

Réquiem de uma musa, o último trabalho do Cinema de Poesia com a atuação de Cristina PInheiro sobre um poema do pintor mineiro Fernando Campos é um manifesto sobre as dificuldades de se realizar arte no Brasil.

Com a música original de João Gabriel Herculano, Figurino de Patrícia Muniz, o curta contou com o apoio da Alcatéia Digital, com Guilherme Vidal e Marcelo Barros realizando o desenho do Som.

Maiores informações
http://www.nyfilmvideo.com/aboutus.htm

_________________________________________________________________________________________________

JUNHO 2007

Cinema de Poesia constrói parcerias no Egito para a Arte.

A ponte entre o Brasil e o Egito começou a ser contruída em setembro de 2006, quando os artistas Cristina Pinheiro e André Scucato   foram convidados a participar do primeiro encontro internacional sobre Cinema de Poesia em Ismalia.

Com a repercussão dos trabalhos e das teorias apresentadas a dupla foi convidada a realizar uma retrospectiva de seus trabalhos para uma sessão fechadas de críticos, jornalistas e diretores egípcios durante o Festival International de Cinema Ambiental do Nilo, realizado entre os dias 4 e 11 de junho de 2007.

Neste festival de Cinema Ambiental o Cinema de Poesia esteve presente a convide do Dr. Sobi Chafik, presidente da associação de crítica cinematográfica, uma das maiores autoridades em Cinema.

Estabelecendo amplo contato com críticos, jornalistas e com o ministério da cultura, a dupla de artistas pensa em viver alguns meses no Egito para continuar o trabalho sobre arte que iniciaram em terras brasileiras, tentando escapar das difíceis condições de produção em terras brasileiras.

O Objetivo é mostrar a nova arte contemporânea do Egito para o mundo ocidental, ajudando na decolonização que todos sofremos da influência norte-americana que utiliza o cinema como principal canal de divulgação do “american way of life”.

No Egito também foi importante para unificar os esforços do Cinema Independente mundial, que encontra dificuldades de produção e de censura em diversos países. A união dos cineastas pode ajudar a quebrar este bloqueio, incentivando cada cineasta a procurar em seu país um espaço para exibição do cinema independente mundial.

Je suis Jean Cocteau indicado ao prêmio de melhor filme de arte no Portobello Film Festival na Inglaterra

Entre mais de 700 curta-metragens exibidos o festival PortoBello Film Festival, um dos mais representativos Festivais de Cinema Independente da Europa, indicou o curta-metragem Je suis Jean Cocteau para a categoria de melhor vídeo de arte do Festival.

A noite de premiação será no dia 21 de agosto , no Eletric Cinema. Os outros dois indicados para premiação são os curtas Pale Blue Dot e Baron Samedi.

http://www.portobellofilmfestival.com/index.html

Abismo da Alma e Flor da tela são premiados como melhor vídeo de arte no V Festival Guaçuano

O curta-metragem Abismo da Alma ganhou o prêmio de melhor vídeo de arte pelo júri popular do Festival Guaçuano de Vídeo 2007, realizado em Mogi Guaçu, estado de São Paulo.

O Curta A Flor da tela foi premiado como melhor vídeo de arte pelo Juri Técnico.

O Festival foi o primeiro a exibir o novo curta do cinemade Poesia no Brasil, Réquiem de uma musa, que já foi exibido no Porto Bello Film Festival, e no Festival internacional de cinema e vídeo independente de Nova Iorque.

Três curtas selecionados no Porto Bello Film Festival

O Documentário Je suis Jean Cocteau será exibido no dia 05 de agosto. Abismo da Alma será exibido no dia 15 e no dia 18 ao ar livre é a vez da estréia de Réquiem de uma Musa na Inglaterra. No ano passado o Cinema de Poesia exibiu 17 curtas-metragens neste festival.

O Porto Bello Film Festival é considerado pelo The Independent como a maior celebração do filme independente na Europa. Criado em 1996 com a intenção de promover novos cineastas,durante 3 semanas, irão exibir músicas, filmes e artes visuais para um público estimado em 15 mil pessoas.

http://www.portobellofilmfestival.com/index.html

ABISMO DA ALMA SELECIONADO PARA A JORNADA Internacional da Bahia

O curta Abismo da Alma foi selecionado para a mostra competitiva da XXXIV Jornada Internacional de Cinema e Vídeo da Bahia. A 34 Edição do festival teve recorde de inscrições, com mais de 500 vídeos.

Esta edição tem como lema o ideário de Um Mundo mais Humano, e está programado para acontecer entre os dias 12 e 18 de setembro de 2007, na Bahia.

site: www.jornadabahia.com

TREM DO POETA SELECIONADO NO FESTIVAL BAJA, NO MÉXICO

O curta Trem do poeta foi selecionado para competir no festival Baja California Film Festival, que acontecerá entre os dias 27 de agosto e 2 de setembro. O festival será na cidade de Tijuana, México.

Lembrando que México foi o país de Estréia do Trem no ano de 2005 durante o Sin Fronteira Film Festival,abrindo o festival em sua noite de inauguração.

http://www.bajacaliforniafilmfest.org/

Carro selecionado no Festival Detmold, Alemanha

O Carro foi selecionado no International Short Film Festival Detmold, que acontecerá entre os dias 26 a 30 de setembro. Serão 180 curtas de 48 países. A exibição dos curtas serão acompanhadas de instalações e concertos.
O festival será na Alemanha.

site: http://www.fest-der-filme.de/start_en.html

_________________________________________________________________________________________________

JUNHO DE 2007

Réquiem de uma musa estréia no Nova Yorque Film Festival

O festival conhecido como a voz do filme independente acontece nas cidades de Nova Iorque e Los Angeles durante o mês de Julho. Com cobertura intensivo de mídias como Fox, CNN, New York Times, Wall Street Journal, New York post entre outras mídias. O  evento é um dos maiores encontros do Cinema Independente em todo o mundo.

Réquiem de uma musa, o último trabalho do Cinema de Poesia com a atuação de Cristina PInheiro sobre um poema do pintor mineiro Fernando Campos é um manifesto contra as dificuldades de se realizar arte no Brasil.  Com a música original de João Gabriel Herculano, Figurino de Patrícia Muniz, o curta contou com o apoio da Alcatéia Digital, com Guilherme Vidal e Marcelo Barros realizando o desenho do Som.

Maiores informações http://www.nyfilmvideo.com/aboutus.htm

ABISMO DA ALMA PREMIADO em Colatina

O curta Abismo da Alma foi premiado no 2 Festival Nacional dede Vídeo de Colatina, no Espírito Santo. O Prêmio foi o de melhor Fotografia. Além dos trabalhos dos atores vale ressaltar o talento do iluminador Giba de Oliveira que assina também a direção de fotografia.

ABISMO DA ALMA Selecionado para festival na Bósnia

O curta Abismo da Alma foi slecionado no Stolac Film Festival, na Bósnia Herzegovina. Como único representante do Brasil no Festival o Abismo da Alma será exibido entre os dias 06 e 09 de junho.

Informações em http://www.stolacfilmfestival.com


Cinema de Poesia no The Johnstown Film & Wine Fest

O Cinema de Poesia está no The Johnstown Film & Wine Festival, com os curtas, Abismo da Alma. Réquiem de uma musa e Trem do poeta. O festival aconteceu em junho nos Estados Unidos. O Cinema de Poesia que não havia participado de nenhum festival nos EUA, participa também do festival Internacional de Vídeo e cinema independente de Nova York, entre os dias 19 e 24 de julho.

site
http://www.jaha.org/FilmFestival/Thursday.html
e
http://www.jaha.org/FilmFestival/Friday.html

_________________________________________________________________________________________________

MAIO 2007

Cinema brasileiro de arte no Egito

O Cinema de Poesia, representado por Cristina Pinheiro e André Scucato, foram convidados para representar o cinema de arte do Brasil durante o Festival Internacional do Nilo. O festival será entre os dias 04 e 11 de junho, na cidade do Cairo.

Cinema de Poesia no DigiFestival.net – ITÁLIA

O curta metragem A Força foi convidado a participar do DigiFestival.net 2007 Edition, na Itália. Um festival que tem a votação on line. A partir do dia 15 de agosto será aberta as votações.

Além de vídeos haverá competição em fotografia, música e outros eventos.

Para conhecer o festival acesse http://www.digifestival.net/

_________________________________________________________________________________________________

ABRIL 2007

15 curtas selecionados para o sexto Festival internacional da imagem – Colômbia

Os curtas Jardim do Poeta, Trem do Poeta, Elevador do Poeta, Três tons sobre o poema de um pintor, The Play, Femina Cristais, O carro, O mago, Metonímico, A Força, A morte de um enforcado, Sol, Lua, Sinestesia foram selecionados para o Sexto Festival Internacional de Imagem na Colômbia. O festival é um evento realizado pelo Departamento de Desenho Visual

Da Universidade de Caldas. Entre os dias 24 e 28 de abril, além da exibição de curtas de diversos países, o festival terá um seminário internacional de redes e criação interativa, um Fórum acadêmico de desenho, workshops, exposições de novas linguagens audiovisuais.

A III Mostra  monográfica de Media Art e Redes no qual os trabalhos do Cinema de Poesia serão exibidos se realiza com o apoio a difusão do programa DigiArts da Unesco. O Brasil concorre com estes curtas na categoria de vídeo e animação.

Este ano na Colômbia durante o festival de Cartagena, o Cinema de Poesia exibiu os curtas A Flor da Tela e Abismo da Alma em mais de 50 sessões.

Site oficial  http://www.festivaldelaimagen.com/home.php

Abismo da Alma e Flor da Tela no Cineme-se 2007

Os curtas Abismo da alma e A Flor da Tela foram selcionados para a 3ª edição do CINEME-SE – Festival da Experiência do Cinema, realizado pelo Cineclube Lanterna Mágica, da Universidade Santa Cecília (UNISANTA), co-realizado pelo Sesc Santos e pela Associação Cultural Vontade de Ver. O Festival acontece de 29 de maio a 3 de junho de 2007 na cidade de Santos, litoral de São Paulo.

A mostra dos curtas será seguida de debates com profissionais do audiovisual e o público definirá os melhores curtas do Festival. Em 2007 o cinema falado completa 80 anos de criação. Para homenagear a trilha sonora, durante o Festival será oferecida uma programação variada e cheia de novidades. Na abertura do evento, dia 29 de maio, a Banda Sinfônica de Cubatão tocará músicas de cinema. Serão realizadas duas oficinas: uma sobre edição de som e outra sobre o lúdico na trilha sonora. Dia 1 de junho acontece o show do grupo Mawaca que estuda as sonoridades do mundo, interpreta e reinterpreta cantos indígenas, mantras indianos, canções brasileiras e portuguesas, entre outras nacionalidades. No encerramento, dia 3 de junho, o público assistirá ao show do Clube do Choro e os curtas mais votados no Bar do Sesc Santos.

Mas informações
http://www.unisanta.br/cineclube

_________________________________________________________________________________________________

MARÇO 2007

Compassos Formigáveis selecionado no festival Eco Films na Grécia

Uma semana após passar no Emirados Árabes Unidos o Compasso Formigáveis é selecionado no Eco Filmes, realizado na Ilha de Rhodos na Grécia. O festival exibirá entre os dias 19 e 24 de junho, diversos filmes que tem como tema meio ambiente. Este é o segundo ano que o Cinema de Poesia participa deste festival. Ano passado o curta selecionado foi a Força.

Site do festival http://www.ecofilms.gr/

O Cinema de Poesia representa o Brasil na categoria vídeo em Cartagena

O Cinema de Poesia representa o Brasil na categoria vídeo no Festival Internacional de Cine e TV de Cartagena, com os trabalhos Abismo da Alma e A Flor da Tela. Recentemente estes trabalhos foram exibidos na Mostra do Filme Livre 2007, realizado em fevereiro de 2007 na cidade do Rio de Janeiro  no Centro Cultural Banco do Brasil.

Junto com trabalhos da França, Espanha, Alemanha, Colômbia, Estados Unidos, Canadá, Argentina e  México, A Flor da Tela e o Abismo da Alma  serão exibidos em mais de 50 espaços entre os dias 1 e 9 de março.

Esta mostra faz parte do Festival, consciente da função social que cumprem os produtos audiovisuais na comunidade. Esta atividade paralela já acontece há 13 anos e tem como objetivo contribuir com a educação da comunidade mediante a exibição de obras audiovisuais como um meio de elevar a qualidade de vida dos habitantes.

Na categoria de Película o Brasil esta representado pelo filme Jogo Subterrâneo, Veneno da Madrugada e uma produção México-Brasil com o nome  Só Deus Sabe.

Site: http://www.festicinecartagena.org/

Página dos vídeos selecionados

http://www.festicinecartagena.org/index.php

Página das localidades onde serão exibidos

http://www.festicinecartagena.org/index.php

Trem do poeta, Mago, Carro e Morte do enforcado exibidos na Polônia

O festival de cinema de animação Reanimacia exibirá pelo segundo ano consecutivo os trabalhos do Cinema de Poesia. No ano passado no mês de abril o festival exibiu os curtas A Força, The Play, Jardim do poeta e Um outro verso do espaço virtual. Este ano os selecionados para um panorama fora de competição foram o Trem do Poeta, Mago, Carro e Morte do enforcado.

Site:
http://www.reanimacjafestival.com/

_________________________________________________________________________________________________

FEVEREIRO 2007

Cinema de Poesia estreia nos Emirados Árabes

O Festival de Filmes do Emirados Árabes Unidos selecionou quatro trabalhos Cinema de Poesia para a sua sexta edição. Este é o segundo ano que os organizadores aceitam trabalhos de outros países para a realização de uma competição internacional. Entre os dias 7 e 13 de março serão exibidos na capital do país, Abu Dhabi, os curtas O Jardim do Poeta, o Trem do Poeta, Compassos Formigáveis e Sinestesia.

Os trabalhos foram escolhidos pelo crítico sírio de cinema Salah Sermini, organizador do festival que esta ano trabalha o tema Road Movie.

Site do festival http://www.efilmc.com/

_________________________________________________________________________________________________

JANEIRO 2007

A Mostra do Filme Livre seleciona  dois trabalhos do Cinema de Poesia.

O Abismo da Alma, sobre a passagem do poeta e dramaturgo Antonin Artaud nos Hospícios da França foi Finalista do Prêmio Itamaraty do Cinema Brasileiro e Já realizou sua estréia internacional no Fesival Cine Cusco no Peru.

A Flor da tela é um curta sobre a obra do pintor Fernando Campos. Este curta, premiado em dezembro no Arouca Film Festival em Portugal com Menção Honrosa já foi exibido na Eslovênia, Romênia e Alemanha.

Maiores Informações
Site curta o curta e site da Mostra do Filme livre 2007

Je Suis Jean Cocteau concorre ao prêmio Flaiano Internacional na Itália.

O documentário Je suis Jean Cocteau realizado sobre o cineasta Francês Jean Cocteau concorreu em novembro na Itália ao prêmio FLAIANO INTERNATIONAL, na cidade de Pescara, sendo o único representante do Brasil no Festival. Uma co-produção Itália Brasil  participou do festival na categoria curta-metragem (Fraulein Gertie, Lavinia Chianello e Tomas Creus).

Os prêmios de Flaiano, fundados em 1973 à honra Ennio Flaiano, um importante artista  que entre suas paixões caminhou pela literatura, teatro, cinema e televisão. O festival une produções literárias, teatrais, cinema e televisão, reunindo personalidades da cultura, debatendo propostas sobre a arte e seus pensadores. .

O documentário Je Suis Jean Cocteau foi exibido  ao lado de 8 produções italianas, uma alemã e uma israelense. Em 2006, o documentário foi exibido em Portugal, Grécia, Espanha e na Romênia.
http://www.premiflaiano.it/english/frameing.html
http://www.premiflaiano.it/avviso.html

_________________________________________________________________________________________________

DEZEMBRO 2006

Flor da Tela recebeu o prêmio de menção honrosa no IV Arouca Film Festival, realizado no começo de dezembro em Portugal. O festival que contou com participações  de diversos filmes de Portugal,  Brasil, França, Espanha, Bélgica, Estados Unidos (Nova Iorque) e Rússia (Geórgia), a organização recebeu recentemente várias obras escolas e cineastas de Bratislava, Eslováquia e uma última de um dos cantos do mundo, Japão.

O júri de selecção do evento selecionou 36  obras cinematográficas nacionais e internacionais. A atribuição dos prémios será da responsabilidade de um júri composto por sete mestres.

Além da Flor da Tela, foram exibidos os seguintes curtas do Cinema de Poesia. O carro, The Play, O Mago e Je suis Jean Cocteau.

A Organização do Festival lançará, através de parcerias, em data ainda a ser definida, uma série de DVD contendo os filmes premiados e em competição nas suas edições.

http://www.aroucafilmfestival.com/

_________________________________________________________________________________________________

NOVEMBRO  2006

Quatro curtas selecionados no Arouca Film Festival em Portugal

O Cinema de Poesia teve quatro curtas selecionados no Arouca Film Festival, realizado em Portugal entre os dias 16, 17 e 18 de novembro. Os trabalhos selecionados foram Je suis Jean Cocteau, The play, O carro, e O Mago.

Site http://www.aroucafilmfestival.com

Cinema de Poesia estréia na Alemanha com A Flor da Tela e a Força

O festival Non Stop Film Festival na Alemanha selecionou os curtas A flor da Tela e A Força. O Festival Alemão possui uma característica interessante. São 24 horas de festival direto, exibindo filmes de todo o mundo e de diversos gênereos.

O festival começa no dia 10 de novembro, às 21 horas e termina no dia 11 de novembro na cerimônia de encerramento do evento.

Site http://www.nonstopfilm.info/home_e.htm


Je suis Jean Cocteau é selecionado na Grécia para competir no Audience Prize Competition

O International Film Festival Plataforma 2006 que acontece entre os dias 2 e 10 de dezembro na Grécia selecionou Je suis Jean Cocteau. O documentário sobre o poeta, escritor, pintor, cenógrafo e cineasta foi recentemente selecionado para o o festival Dakino International Film Festival (O mais importante tributo romeno dedicado a sétima arte) e convidado especialmente para o Rimusicazione na Itália.

Je suis Jean Cocteau foi selecionado e competirá pelo prêmio Audience Prize Competition, concorrendo com documentarios, curtas de ficção, animação e experimental.

Site http://www.platforma.gr.

A Força selecionada no festival Internacional de curtas metragens Boca do Lobo, na Espanha.

O festival teve filmes exibidos entre os dias 20 e 28 de outubro na cidade de Madrid, na Espanha. A Força foi exibido em uma mostra fora de competição junto com outros curtas brasileiros.

Site http://www.labocadellobo.com/

Compassos Formigáveis e A Força no Cineamazônia

Os dois curtas serão exibidos em mostras paralelas. O festival acontece de 15 a 18 de Novembro em Porto Velho. Compassos Formigáveis será exibido no dia 15 e A Força no dia 16 de novembro.

Site www.cineamazonia.com

A Força e o Trem do Poeta   selecionados   no Festival Percepções

A Primeira Edição do Festival Percepções acontece entre os dias 15 e 18 de novembro na cidade de Muriaé, Minas Gerais. Foram selecionados para o festival os curtas A Força e Trem do Poeta.
http://www.faminas.edu.br/cinefestival/

_________________________________________________________________________________________________

OUTUBRO 2006

Abismo da Alma selecionado no III Festival Cine Cusco, Peru

Abismo da Alma selecionado para o Festival Internacional de Curtas Metragens de Cusco, Peru. O Festival integra a Rede Latinoamericana de Festivais Audiovisais. Nesta terceira edição o Abismo da Alma está concorrendo ao Prêmio de Direitos Humano, Prêmio Taca Peru de primeiro lugar na categoria internacional de ficção, e prêmio Red Latinoamericana de Festivales Audiovisuales.

Ano passado foi selecionado para o festival os curtas A Força, O Carro , e a Estrela.

site http://www.festivalcinecusco.com/festival_progra.html


Je suis Jean Cocteau é selecionado no Rimusicazioni Film Festival, na Itália.

O documentário,  será exibido no festival Rimusicazioni Film Festival. O filme foi selecionado segundo o Diretor de arte do Festival em consideração a sua alta qualidade artística. Pois como a edição desclassificaria o vídeo (fato que desconhecíamos), ele deciciu premiar  filme incluindo na programação oficial do Festival, mas fora de competição.

O festival possui uma proposta interessante. Utilizar um filme do tempo do cinema mudo e adicionar uma música de própria autoria ou alguns ruídos. O festival acontecerá entre os dias 10 e 18 de novembro, e novamente é o único representante da América Latina no Festival.

O documentário poético sobre o Jean Cocteau vem fazendo sucesso. Apenas nesteúltima semana de outubro foi selecionado para o mais importante festival de cinema de arte da Eslovênia, o Dakino Film Festival, para o  Rimusicazioni Film Festival, na Itália e está no  III Festival de vídeo de Votorantin, São Paulo. Esta ano foi selecionado para o 8 Festival Internacional de curtas metragens de Belo Horizonte e para o Unifest na Espanha entre outros.

A Flor da Tela e Je suis Jean Cocteau no Dakino Film Festival da Romênia.

A Flor da Tela faz a sua estréia no festival Dakino International Film Festival. O mais importante tributo romeno dedicado a sétima arte relacionado as linguagens audiovisuais nos últimos 15 anos do país.

O festival acontece na cidade de Bucareste, do dia 20 ao 25 de novembro.

A Flor da Tela é um curta sobre o processo artístico de criação do pintor Fernando Campos. Com participação especial do ator Romulo Pacheco está participando da competição de ficção.

O Documentário poético Je suis Jean Cocteau, com trilha Sonora e direção de Cristina Pinheiro e André Scucato está em competição na categoria documentário.

Site do festival http://www.dakino-filmfestival.ro/

A Flor da Tela selecionado no Múmia.

A Flor da Tela, sobre a obra do pintor Fernando Campos é selecionada para participar do MUMIA 2006

O MUMIA – Mostra Udigrudi Mundial de Animação – já consagrado no meio em todo o país como um dos principais eventos de animação, chega em 2006 com ampla programação, incluindo mostras especiais e competitivas, de 10 a 25 de novembro, no Museu Histórico Abílio Barreto, na Sala Humberto Mauro do Palácio das Artes e no SESC/LACES/JK, em Belo Horizonte. Ao todo, são mais de 100 filmes de todas as partes do Brasil e de vários países, como Colômbia, Argentina, Alemanha, Inglaterra, França, Paraguai, com direito a uma mostra especial com animações da aclamada escola cubana ICAIC – Estudios de Animación.

A FLor da Tela selecionado no Festival Fuse Movies de Cinema Digital

A Flor da Tela selecionado no Festival Fuse Movies que começa no dia 26 de outrubro. Durante três dias a primeira edição do festival de cinema digital traz uma amostra da mais recente produção nacional de cinema independente, realizada por meios digitais. O evento será realizado a partir das 17h, no Centro de Educação e Cultura “Francisco Carlos Moriconi”, com entrada gratuita.

http://www.suzano.sp.gov.br/agendacultural/CN03/noticias/nots_det.asp?id=357

Abismo da alma estréia como Finalista do Prêmio Itamaraty do Cinema Brasileiro

Abismo da Alma, curta sobre o poeta e dramaturgo Antonin Artaud, estréia como finalista do Prêmio Itamaraty do Cinema Brasileiro.

Abismo da Alma, tem a primorosa fotografia e desenho de luz de Giba de Oliveira, a trilha sonora original de João Gabriel Neto. Rômulo Pacheco interpreta Antonin Artaud. Como enfermeiros Renato Carrera e Vitor Fraga, e no papel de psquiatra Buza Ferraz. João Bosco fecha o elenco e interpreta o Artaud na fase final. O curta possui a participação especial na trilha sonora com a da composição impressões a contrário de Álvar oRiveros.

Com 106 cineastas participantes entre longas e curttas, foram selecionados 10 curtas e 7 longas-metragem que terão o vencedor anunciado no VIII Festival Internacional de Cinema de Brasília, no dia 12 de novembro.

I PRÊMIO ITAMARATY PARA O CINEMA BRASILEIRO:

CURTA-METRAGENS:
1.       Abismo da Alma, Direção de André Scucato e Cristina Pinheiro;
2.       Alguma Coisa Assim, Direção de Esmir Filho;
3.       Amsterdam, Direção de Fabio Mendonça;
4.       Maré Capoeira, Direção de Paola Barreto Leblanc;
5.       Meus amigos chineses, Direção de Sergio Sbragia;
6.       Outras Opções, Aguarde, Direção de Caco Souza;
7.       Palco dos Sonhos – Na companhia de Hugo Rodas, Direção de Marina Medleg Simon e Isabel Fleck;
8.       Ruínas, Direção de Emilio Gallo;
9.       TAINÁ-KAN – A grande estrela, Direção de Adriana Figueiredo;
10.   Tarantino’s Mind, Direção de Bernardo Dutra e Manitou Felipe da Silva.

LONGA-METRAGENS:
1     Antonia, Direção de Tata Amaral;
2     Cartola, Direção de Lírio Ferreira e Hilton Lacerda;
3     Eu me lembro, Direção de Edgard Navarro;
4     Fica comigo esta noite, Direção de João Falcão;
5     O Céu de Suely, Direção de Karim Aïnouz;
6     Onde andará você Dulce Veiga?, Direção de Guilherme de Almeida Prado;
7     Wood & Stock, Direção de Otto Guerra.

Trem do poeta convidado a participar na Mostra do Filme Livre em BH.

A convite da Mostra do Filme livre, o curta Trem do Poeta será exibido na restrospectiva que em Belo Horizonte.

A MFL-BH será realizada de 03 a 09 de novembro de 2006, no Palácio das Artes, centro da cidade, sem recurso de qualquer patrocinador. Esta mostra sera um resumo das 5 edições da MFL e já estão confirmados os londa A$suntina das Amérikas”, de Luiz Rosemberg Filho, “Deu pra ti”, de Giba Assis Brasil e “Serras da Desordem”, último filme de Andrea Tonacci

Este resumo das 5 edições da MFL será de 3 a 9 de novembro em Belo Horizonte, no Palácio das Artes, 4 sessões por dia, com entrada franca.

Maiores informações http://www.mostradofilmelivre.com/artigos/mfl_em_beaga/

Je suis Jean Cocteau selecionado para III Curta Vídeo Votorantim

O documentário poético Je suis Jean Cocteau foi selecionado para o III curta vídeo Votorantim. O festival será realizado entre os dias 15 e 19 de Novembro de 2006, no Teatro Municipal Francisco Beranger, localizado na Av. Vereador Newton Vieira Soares, s/n, centro de Votorantim.

O festival exibirá curtas e longas além de workshops

Festival: www.curtavideovotorantim.com

Cinema de Poesia selecionado com 6 curtas na Eslovênia

O festival Go film fest 2006, em Mostovna, Eslovênia, que acontece entre 25 e 28 de outubro, selecionou 6 trabalhos do Cinema de Poesia.

Os curtas estão competindo na categoria de curta-metragem, curta-metragem experimental. Os curtas trabalhos selecionados foram Femina cristais, Metonímico, Trem do Poeta, O carro, A Força, The Play,

O Festival acontece entre os dia 25 e 28 de outubro em Mostovna, Nova Gorica, Slovênia.

Site oficial http://gofilmfest.mostovna.com/en/index.html

Cinema de Poesia é premiado na Grécia

A Força, realizado por Cristina Pinheiro e André Scucato com atuação de Alan Castelo foi premiado no dia 30 de setembro no 8 Panorama Internacional de cineastas independentes, realizado na Grécia. O curta foi eleito pelo juri como o melhor vídeo de arte do festival.

Este ano no Panorama Internacional de Cineastas Independentes na Grécia participaram mais de 35 países com 168 curtas selecionados. A Força era o único representante brasileiro em todo o Festival.

O curta produzido em agosto de 2005 mostra a força encontrada na sutileza dos movimentos, nos gestos das cores e no esforço do humano e sua resistência. Este ano ele foi exibido na Inglaterra no Porto Bello Film Festival (junto com outros 16 curtas do Cinema de Poesia), no Unifest na Espanha, no festival Internacional de curta metragem de Roma (Itália), Videolab em Portugal, Festival Reanimacia na Polônia entre outros. No Brasil participou diversos festivais como o a Mostra do Filme Livre 2006 (junto com outros 31 curtas do Cinema de Poesia) ,Festival Internacional de curta-metragem do Rio de Janeiro, no Festival de Cinema e vídeo de Tiradentes, e no Indie 2006 realizado em Belo Horizonte.

A próxima exibição do “A Força” será no concorrido Festival de Cinema Vina del Mar, que acontece no final de outubro e começo de novembro. No ano passado o Cinema de Poesia participou do Vina del mar com o curta Três tons sobre o poema de um pintor, que retrata a obra e o processo de criação do pintor Morvan Brandão. Depois “A Força” será exibido na Polônia, em dezembro no Festival Internacional de filmes independentes, junto com o curta The Play.


Cinema de Poesia tem dois curtas no Festival Internacional de Cineastas Independentes na Polônia

Cinema de Poesia tem dois curtas selecionados no Sopot Film Festival 2006, Festival Internacional de Cineastas Independentes, a ser realizado na Polônia, entre os dias 10 e 15 de dezembro.

O primeiro curta é A Força, premiado recentemente no 8 Panorama internacional de Cinema Indepente na Grécia como melhor vídeo de arte do Festival e o The Play, Melhor vídeo desing da 6º Mostra de Imagem em movimento promovido pela UFMG e o Segundo Melhor Vídeo Experimental no XII Festival de Vídeo de Teresina.

Os dois curtas estão selecionados para competir na categoria de animação.

Site do festival http://2006.sopotfilm.com/

_________________________________________________________________________________________________

SETEMBRO 2006

O Egito reconhece e valoriza a arte Brasileira

O Cinema de Poesia realizado por Cristina Pinheiro e André Scucato foi convidado pelo governo do Egito para participar do seminário mundial sobre Cinema de Poesia, o primeiro que aborda este tema no país. O seminário aconteceu durante o 10 Festival Internacional de documentários e curta- metragem de Ismailia,realizado entre os dias 15 e 22 de setembro, reunindo poetas, cineastas, críticos e estudiosos do assunto.

Neste festival participou na mostra competitiva o curta Trem do Poeta, realizado na cidade de tiradentes em 2004.

A proposta e o trabalho realizado por Cristina Pinheiro e André Scucato, fundamentado na meta-arte e no estudo de todas as artes foi o quarto a ser apresentado e o primeiro a receber aplausos. Entusiasmados pela paixão e pela arte dos dois artistas brasileiros surgiu o convite para uma mostra de todos os trabalhos no Cairo – A maior cidade do Egito – e o convite para participação em diversos festivais internacionais.

O Cinema de Poesia realizado pela dupla brasileira nos últimos dois anos é constituído por uma obra composta por40 curtas-metragens, um documentário sobre o cineasta Jean Cocteau, e um média-metragem sobre a obra da pintora Carlinda Brandão. Tudo realizado sem apoio do governo ou de empresas particulares.

Aos poucos a visibilidade internacional vai se consolidando. Selecionado pelo segundo ano consecutivo para representar o Brasil no Festival de Cinema Vina del Mar, o Cinema de Poesia tem uma marca impressionante que já conta com mais de 250 exibições nacionais e internacionais de seus trabalhos em mais de 15 países, além de 8 Mostras de seus trabalho no Brasil, Portugal, Canadá e Inglaterra.

André e Cristina aproveitaram a oportunidade para divulgar o trailler do primeiro longa da dupla, – Antonin Van Artaud Gogh – sobre a vida e a arte do pintor Van Gogh e do poeta e dramaturgo Antonin Artaud. Com trilha original de João Gabriel o longa possui metade das cenas filmadas, e tem previsão finalização para o final de 2007

Teoria selecionado para o 5º Ecocine

Teoria foi selecionado para o 5º Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental. Em 2006 o Festival coloca em foco a questão ambiental a partir da perspectiva humana do planeta, e será realizado pela primeira vez na cidade de São Paulo. Realizado no ano de 2004, com 3 minutos de duração, é a primeira trilha assinada pelo Cinema de Poesia em curta-metragem. O roteiro discursa contra a destruição do planeta, a corrupção de valores, a poluição em todos os sentidos. Teoria é um libélulo, um grito partido da liberdade natural em busca do equilíbrio na Terra

O festival acontece entre os dias 17 e 23 de novembro. Maiores informações acesse o site do festival em http://www.ecocine.com.br/site.htm

O Mago é selecionado no Fest Cine Pacoti

O curta o Mago foi selecionado para participar do Festival de Cinema Ambiental de Pacoti, no Ceará. O mago é um curta que mostra a magia da natureza, personificada na interpretação dos movimentos e sua aproximação com o fantástico. Em cena o ator Eduardo Strucchi e Cristina Pinheiro.

Este ano o Cinema de Poesia participou de diversos festivais ambientais, tendo conquistado o prêmio de Júri Popular no Monvia, no Espírito Santo, pelo trabalho Compassos Formigáveis, realizado em Porto Alegre e no Rio de Janeiro que documenta os diversos ritmos da vida das formigas.acontece entre os dias O 1º   Festival Nacional De Cinema E Vídeo De Pacoti acontece entre o dia 11 e 15 de outubro no Ceará.

Site – http://www.festcinepacoti.com.br/

Festival Vina Del Mar seleciona o Cinema de poesia pelo segundo ano consecutivo

O Cinema de Poesia, formado pela diretora e atriz Cristina Pinheiro e pelo poeta André Scucato representa o Brasil pelo segundo ano consecutivo no Festival de Cinema Vina Del Mar com o curta-metragem A Força, com a interpretação do premiado diretor Alan Castelo.

Este ano o curta A Força participou do Festival Internacional de curtas de Roma, Porto Bello Film Festival e do Video Lab, além de exibições em competições naPolônia, Portugal, Inglaterra, Espanha, Grécia, Itália e Peru. Recentemente a Força foi exibido no Festival Indie 2006 em Belo Horizonte, e no Festival Internacional de curta-metragens do Rio de Janeiro e o Festival de Tiradentes.

No Festival de Cinema Vina del Mar de 2005 foi selecionado o primeiro curta do Cinema de Poesia, Três Tons sobre o poema de um pintor, que retrata o processo de criação do pintor Morvan Brandão e a relação entre a cor e o som no cinema.

Site - http://www.festivalcinevinadelmar.cl/

_________________________________________________________________________________________________

AGOSTO  2006

Dois curtas do no Indie 2006 em Belo Horizonte.

O Carro e A Força foram convidados para participar do Indie 2006, Mostra de Cinema Mundial. A convite de Dellani Lima, os curtas serão exibidos no Cinema Garagem, uma exibição de curtas independentes.

O fesitval acontecerá entre os dias 23 a 31 de agosto com entrada franca no Cine Humberto Mauro, Usina Unibanco de Cinema, Cine Clube Unibanco Savassi e Belas-artes Liberdade
Site  http://www.zetafilmes.com.br/indie2006

Cinema de Poesia exibe 17 curtas metragens na inglaterra.

Considerado pelo The Independet como a maior celebração do filme independente na Europa, o Porto Bello Film Festival exibe 17 curtas do cinema de poesia. Criado em 1996 com a intenção de promover novos cineastas,durante 3 semanas, irão exibir músicas, filmes e artes visuais para um público estimado em 15 mil pessoas.

A importância deste festival é tamanha que geralmente os filmes exibidos em Cannes ou no Edinburg Festival são regularmente exibidos no Porto Bello film festival.

O Cinema de Poesia abre a mostra brasileira com 17 curtas que serão exibidos no dia 9 de agosto de 2006,das 18h ás 23 horas, na Westbourne Studios, em Londres. Ao total a mostra brasileira exibe 28 curtas-metragens.

O cinema de poesia que já se destacou este ano participando de quatro festivais na Grécia e mais diversos festivais europeus continua a sua caminhada pela arte. Ao total foram mais de 70 seleções em festivais internacionais de mais de 120 seleções em exibições internacionais dois anos de existência.

A série Desfolhares faz a sua estréia internacional

Exibido pela primeira vez em festivais, esta série faz parte de uma pesquisa de fotografia com a câmera e a dança. Nasceu da imcompreensão dos trabalhos da série poetas, em que são misturados pintura, dança e fotografia e cinema, sem utilizar recursos de computação gráfica ou pós produção.

O conceito desta série é a  utilização de uma caligrafia particular da câmera que, na liberdade de movimentação, consegue extrair da imagem brutas captadas texturas próximas a pintura. Desta forma o trabalho do editor começa a se equivaler ao do pintor, utilizando tinta como matéria prima.

O primeiro curta da série é o Desfolhando.  Realizado com as imagens brutas do Jardim do Poeta e com a música de João Grabiel Herculando. Além do desfolhando a série é composta pelos curtas Liberdade e descarrilhando.

Cinema de Poesia leva o teatro carioca para as telas da Inglaterra.

O cinema de poesia há 5 anos estuda o teatro indepentende do Rio de Janeiro, acompanhando o trabalho do diretor Alan Castelo.  Dos 17 curtas do Cinema de Poesia selecionados no Porto Bello Film Festival, 11 trabalhos foram realizados para ou sobre espetáculos teatrais deste autor carioca.

O premiado The Play foi o curta-metragem de abertura da peça THE PLAY, de autoria de Alan Castelo encenada em 2004. Femina Cristais, prêmio de melhor edição profissional do festival guaçuano teve como fonte a peça 3,14 que rodou os palcos do Brasil no ano passado. O Carro, Eremita, Enamorados, Morte do Enforcado, Um outro verso do espaço virtual, Força, Mago, Sol e Lua fazem parte do cenário cinematográfico realizado para a peça Roda da Fortuna, apresentada no Rio de Janeiro em julho de 2006.

Além destas companhias, o Cinema de Poesia estuda o teatro e o cinema do companhia Os Soberanos e do diretor Renato Carrera.

Veja os filmes selecionados no Festival de Porto Bello

O Carro
Eremita
Femina Cristais
Enamorados
A morte do enforcado
Elevador Capítulo III
The Play
Um Outro Verso Do Espaco Virtual
Força
Mago
Sol
Lua
Metonimico
Libertando
Desfolhando
Descarrilhando
Antítese

Site oficial http://www.portobellofilmfestival.com/index.html

Cinema de Poesia estréia no Egito

Trem do Poeta foi selecionado para o 10th Ismailia International Festival for Documentary & Short Films. O festival acontecerá na Cidade das artes entre os dias 15 e 22 de setembro.

O curta produzido em Tiradentes estreiou ano passado abrindo o III Sin Fornteiras Film Festival no México. Depois de ser selecionado para 18 festivais e ser exibido na Grécia, Itália, Polônia, Portugal,   será exibido em setembro no Egito.

site http://www.egyptianfilmcenter.org.eg/

Femina Cristais no Curta Canoa

O Cinema de Poesia é selecionado com Femina Cristais no Festival Latino Americano de Curta Metragem de Canoa Quebrada.

A segunda edição do festival vai acontecer entre o sia 5 e 9 de setembro, em Canoa Quebrada, Ceará, Brasil. No ano passado o Trem do Poeta foi exibido no Curta Canoa.

Site:  http://www.curtacanoa.com.br

IV Festival Guaçuano de Vídeo

O Carro, O Sol e A Força foram selecionados para o IV Festival Guaçuano de Vídeo. O Festival acontece entre os dias 17 e 20 de agosto, na cidade de Mogi Guaçu, São Paulo.
Ano passado o Cinema de Poesia foi premiado neste festival com melhor edição profissional.

Site oficial www.festguacuvideo.com.br/

_________________________________________________________________________________________________

JULHO 2006

Cinema de poesia é convidado a participar de festival na Turquia

O Mago foi convidado para participar do 2 Mediterrâneo Award Film Festival, na Turquia, no mês de setembro. O convite partiu do Diretor das Nações Unidas Sérgio Illuminato quer viu o curta O Mago no Festival da Ilha de Rodos, na Grécia e, admirado com o trabalho fez o convite.


Unifest exibe 5 curtas do Cinema de Poesia na mostra informativa.

Unifest 2006 exibe em julho na Espanha curtas-metragens e animações recebidas de diversos países. Este ano o festival espanhol exibiu os curtas, A Força, Femina Cristais, Je suis Jean Cocteau. Mago, Trem do poeta na mostra informativa.

Site http://www.unifestival.com/eng/festival.htm


Enamorados e Torre selecionados para a Mostra audiovisual de Cambuquira

A amostra acontece na cidade de Cambuquira em Minas Gerais, no antigo Cine Elite, que permaneceu fechado por muito tempo. Para proporcionar ao público de Cambuquira o reencontro com o Cinema foi criada a Mostramosca.

Site http://www.mostramosca.com/

Espetáculo Roda da Fortuna estréia no Rio de Janeiro

Uma lírica moderna. Tecendo uma interação entre mito e realidade Ana Maria Rigoto conduz um espetáculo lírico que une música clássica, eletrônica e Cinema. Ao lado da pianista Sica Malaguti, e dos maestros compositores eletrônicos Alexandre Elias e Flávia Costa o espetáculo percorre o caminho de músicas clássicas como Pastorale de Strawinsky, Estudo Op 42 n 1 de Scriabin, Melodia sentimental de Heitor Villa Lobos e Chanson Espagnole de Ravel a músicas eletrônicas como o Controle do Corpo, Desastre espiritual e Caos Interior composta pela dupla eletrônica.

Os Figurinos, adereços e cenário são assinados pela competente Patrícia Muniz que ilumina o palco com toda a propriedade que a arte possui de moldar panos e tecidos como se fossem sonhos e fantasia. Criado pela dupla do Cinema de Poesia Cristina Pinheiro e André Scucato, o Cenário Cinematográfico são compostos de 15 curtas, projetados em uma tela localizada à frente da boca de cena. Após 7 meses de gravações e dois meses de edição, os curtas realizados a partir das cartas de Tarot já foram selecionadose exibidos em mais de 70 apresentações em festivais nacionais e internacionais em menos de um ano.

Com Direção de Luiz Arthur Nunes, direção de produção de Maria Helena Alvarez, direção de movimento de Helena Varvaki e preparação vocal de Chiara Santoro, o espetáculo Roda da Fortuna está em cartaz somente este final se semana, 14, 15 e 16 de julho.na Sala Baden Powell (500 lugares). Avenida Nossa Senhora de Copacabana, 360, 2548-0421. Sex. e sáb., 21h. Dom., 20h. R$ 20.

_________________________________________________________________________________________________

JUNHO  2006

Cinema de Poesia se destaca na Grécia

O Cinema de Poesia há dois anos participa de festivais nacionais e internacionais, acumulando um número superior a 300 exibições de curtas em Festivais e amostras em todo o Mundo.

Este ano, entre Abril e junho de 2006 foram selecionados e exibidos 7 trabalhos do Cinema de Poesia somente na Grécia.

Não é raro ver a estréia de um trabalho no exterior.   O Trem do Poeta, Sinestesia, Carro, Sol, Lua, e o nosso primeiro média-metragem Réquiem do Poeta são alguns exemplos que foram exibidos primeiro na Europa e na América Latina e posteriormente encontraram espaço para a exibição em nosso país.

O Sol fez a sua estréia na Grécia, no Athens Video Art Festival, que também selecionou o Jardim do Poeta e Materialismo Dialético, um co-produção com o Cineasta Vinícius Cabral, diretor e roteirista deste útimo curta.

A Lua, que também fez sua estréia na Grécia, foi exibido em abril   no terceiro Naoussa International Short Film and video Festival.

No final de junho, será exibido  O Mago, no Rodos International Films e no Visual Arts Festival Ecofilms.

A Força e o Trem do Poeta foram selecionados para o Festival International Panorama of Independent Filmakers. Nem encerrada as inscrições recebemos um email do diretor de arte do Festival   Chionidis Panagiotis, elogiando os trabalhos enviados, exaltando sua beleza e dizendo-se honrado por ter nossos fimes em seu festival

Site dos festivais ggegos que o Cinema de Poesia participou em 2006.

http://www.independent.gr/english/index.htm

http://www.athensvideoartfestival.gr

http://www.ecofilms.gr/

http://www.artion.org.gr/en/terms.htm

Je suis Jean Cocteau é selecionado no 8º Festival Internacional de Curtas de Belo Horizonte.

Este ano a organização do festival abriu a mostra competitiva para os curta-metragens realizados no formato digital, recebendo 953 inscrições. Dentre os 37 trabalhos selecionados para o festival está Je suis Jean Cocteau, o primeiro documentário realizado pelo Cinema de Poesia.

O Festival acontece entre os dias 21 e 30 de julho em Belo Horizonte, no Cine Humberto Mauro e no Teatro João Ceschiatti.

Site oficial http://www.festivaldecurtasbh.com.br/

The Play Selecionado no 29 Festival de Cinema e video Guarnicê

Um dos mais tradicionais festivais de cinema e vídeo do Brasil, o 29º Festival Guarnicê de Cinema é promovido pela Universidade Federal do Maranhão e vai acontecer de 13 a 19 de junho, em São Luís (MA).

Pelo segundo ano consecutivo o Cinema de Poesia participa do festival. Este ano o premiado curta The Play foi selecionado para concorrer como vídeo clip. Ano passado foi a vez do Trem do Poeta, que levou o prêmio de melhor edição do Festival.

site do festival http://www.festivalguarnice.ufma.br/

Videolab em Portugal exibe diversos curtas do Cinema de Poesia.

Videolab é um projecto de promoção e divulgação das artes, tendo por base o multimédia;O seu objectivo principal consiste em apresentar trabalhos de boa qualidade, que reflictam a sociedade em que vivemos, para que se possa, de certa forma, contribuir para libertar a voz da consciência e promover o enriquecimento cultural do nosso público. Desse modo, a recolha e exibição de trabalhos é feita sem quaisquer restrições quanto a tema, género, duração ou ano de produção;

O projecto assenta num espírito de iniciativa sem fins comerciais, daí que não sejam cobrados quaisquer valores para a inscrição, exibição e divulgação dos filmes. Da mesma forma, as cópias deverão ser disponibilizadas gratuitamente pelos realizadores;

Em todo o processo é incentivada a iniciativa criativa conducente a um alargamento das actividades do Projecto Videolab. No fundo, pretende-se que a realização principal do Projecto – as mostras Videolab – possa assumir diversas vertentes, para além da sessão de filmes: debates, apresentações, workshops, palestras, exposições, instalações, espectáculos multimédia.

Videolab 2- Mostra de filmes em DVD + TV   2 A 30 de Junho na galleria Santa Clara   – O Mago

Videolab 4: “CORPO” + “Ser no Tempo” (Projecto Vídeo-dança de Beatriz Pimentel e Pedro Pimentel) – 3 de Junho (Sábado) ás 22horas. Museu dos transportes.    O Carro e a Força.

Videolab 6: 5 de Junho   22 horas no Museu dos Transportes.   – Je suis Jean Cocteau

Great Night Fashion – Festa Fila K, no dia   14 de Junho às 21h30. Museu Nacional da ciência e Técnica Dr. Mário Silva.   a torre   femina cristais   a força

Videolab 18, no dia   21 Junho – Quarta às 21h30 no Teatro Acadêmico Gil Vicente   Enamorados

Videolab 22 Encerramento – 29 para 30 de Junho – Sexta à meia-noite no Jardim Botânico   – O eremita

Site Oficial Projecto Videolab www.videolab..ath.cx

Compassos Formigaveis estreia no Brasil ganhando o Júri Popular

O Cinema de Poesia participou com seis trabalhos no MONVIA – I Mostra Nacional de Vídeo Ambiental de Vila Velha -. O Festival aconteceu entre o dia 7 e 11 de Junho no Parque da Prainha, Vila Velha, Espírito Santo.

O Compassos Formigáveis, que realizou a sua estréia, foi o vencedor do Júri Popular como o melhor vídeo do Festival.

Outros vídeos selecionados para o festival foi o Jardim do Poeta, Sol, Lua, Mago e Eremita.

Como melhor animação levou o vídeo Peixe Frito. Melhor Institucional o Parque Recando do Jacaré. Melhor Documentário foi o Cruzando o deserto verde.

Site:
http://www.cineclubevilavelha.com/

Quatro curtas selecionados no 2 Festival Nacional Curta Mogi.

The Play, A Força, Trem do Poeta e Morte do enforcado foram selecionados no    2º FESTIVAL NACIONAL “CURTA MOGI”

O festival que aconteceu no dia 25 de maio, 01, 08 e 15 de junho de 2006.

O objetivo do 2º CURTA MOGI é de exibir, discutir, divulgar, premiar e incentivar a produção de filmes, vídeos e animações de curta duração.

O Festival contará com a participação da Associação Todos os Cantos – Projeto Dialogando com as Artes “Platéia Senso Crítico”,   cujo objetivo é criar   público mais crítico com relação a forma e conteúdo dos espetáculos.

Site oficial   www.pmmc.com.br/festivais

_________________________________________________________________________________________________

MAIO 2006

A Lua faz a sua estreia no 3rd Naoussa International Short Film and Video Festival

O festival grego exibiu entre os dias 4 e 7 de maio 140 curtas de 40 países. Para o processo de seleção foram enviados mais de 400 trabalhos. A Lua entrou na mostra competitive, na categoria experimental, realizando sua estréia em festivais.

O presidente do Júri este ano foi Pantelis Voulgaris, um dos maiores diretores gregos. Com a participação de diversos artistas da indústria do cinema, o festival grego teve diversos eventos paralelos, como seminários, concertos de música e exposições.

Site oficial http://www.artion.org.gr/en/terms.htm

XI Festival Brasileiro de Cinema Universitário

A Força, Um outro verso do espaço virtual e o Mago estão selecionados para a mostra competitiva do XI Festival Brasileiro de Cinema Universitário.
A Mostra Competitiva de Vídeos vai acontecer entre os dias 3/6 (sábado) e 11/6 (domingo; premiação) Serão 6 programas (de sábado a sábado)  na sala de cinema do Centro Cultural do Banco do Brasil, na Av. Primeiro de Março, 66 – Centro do Rio de Janeiro e No Centro Cultural dos Correios, localizado do lado do CCBB.

Site oficial http://www.fbcu.com.br/

FAM 2006 seleciona dois curtas do Cinema de Poesia

O curta Sinestesia foi selecionado na mostra infantil do FAM 2006, Festival que acontecerá em Florianópolis com vídeos e filmes de todos os países do Mercosul. Na mostra de ficção o curta selecionado foi Enamorados. O festival acontece no mês de junho, entre os dias 02 e 09, na cidade de Florianópolis, Santa Catarina.

Site oficial www.panvision.com.br

Cinesul – Festival Latino-americano de cinema e vídeo seleciona o curta A força

O curta A Força, realizado em setembro de 2005 participa do seu nono festival. Depois de ser apresentado no Festival internacional de curtas metragens do Rio de Janeiro em 2005, ser exibido no Festival de Tiradentes em 2006, em junho será exibido no Festival Internacional de curtas metragens de Roma na Itália e no Cinesul, no Rio de Janeiro. Com a atuação de Alan Castelo, premiado diretor teatral carioca, A Força segue a trajetória de sucesso de curtas como Três tons sobre o poema de um pintor, Trem do Poeta, e The Play.


Cinema de Poesia único representante no Morbegno Film Festival

O curta O carro é o único representante do Brasil no ”Around The World In 50 Minutes” at Morbegno Film Festival 2006 - informative section, que acontecerá em Setembro/2006. Confira no site www.zert.it


14 Festival Internacional de curtas metragens de Roma seleciona A Força na mostra competitiva.

O 14 Festival internacional de curtas metragens e novas imagens será realizado em Roma, na Itália entre os dias 16 e 20 de junho. O Curta A Força da série RODA DA FORTUNA está em competição no Festival. O curta que participou ano passado no Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro, também está em competição no III Animated FIlm Festival 2006, Festival de animação na Polônia. Com atuação e argumento do premiado diretor teatral Alan Castelo.

_________________________________________________________________________________________________

ABRIL 2006

Cinema de Poesia participa do Corta Curtas

Evento integrante da exposição Paradoxos Brasil, o Festival CortaCurtas, organizado pelo Cine Falcatrua, recebeu a inscrição de 256 obras de sete países diferentes, número que surpreendeu a organização do festival.Confira a lista das obras do Cinema de Poesia neste festival.
O Dia em que o Diabo Desceu do Céu e se Prostituiu em Flor, O mago, O sol, Jardim do poeta, Elevador do poeta, Elevador III, Je suis Jean Cocteau, Femina Cristais, O Carro, Metonimico, Moinhos do sonho de um poeta na atuaçao cênica de um poste, Trem do poeta, Priamo e tisbe, A torre, A Lua, Descarrilhando, Morte do enforcado, The play, Tres tons sobre o poema de um pintor, Um outro verso do espaço virtual.

Site:
http://www.itaucultural.org.br

Athens Video Art Festival seleciona 2 curtas do Cinema de Poesia

O sol estreia na Grécia e o Jardim do Poeta também foi selecionado para participar desse Festival. O curta produzido em parceria, com o Cinema de Poesia, Materialismo Dialético, do diretor Vinícius Cabral também foi selecionado no Festival, que aconteceu nos dias 7, 8 e 9 de abril, em Atenas. Confira no site

http://www.athensvideoartfestival.gr

Réquiem do Poeta faz sua estréia na Espanha.

Réquiem do Poeta será exibido entre os dias 20 e 22 de abril na Espanha, na Feira /Mostra Audiovisual “Viagens na Lusofonia”Serão ao todo, 43 filmes de países como o Brasil, Portugal, Galícia, Angola, Cabo Verde, e outros países da África.

O festival é formado por produções independentes, não comerciais. Apresentou nos últimos dois anos uma variedade de olhares sobre a realidade, com grande qualidades. A mostra tem sua inauguração na abertura com o filme de Carlos Velo Terras do Xicle, inédito na Europa.

Réquiem é uma obra sobre os quadros da Pintora expressionista Carlinda Brandão. Veje um pouco sobre a sua obra e saiba mais sobre a artista.

Leia um texto do cineasta Luiz Rosemberg sobre Réquiem do Poeta.

Site:

http://lighthouseman.blogspot.com

III Animated Film Festival “ReAnimacja” 2006

O cinema de Poesia concorrerá no ReAnimacja, na Polônia, nos dias 21-23 de abril 2006, representando o Brasil com 4 curtas. A Força e The Play na Mostra Competitiva e Jardim do Poeta e Um outro verso do espaço virtual na Sessão Panorama. Confira no site oficial

http://www.reanimacjafestival.com/2006/en/filmy.php

Rodos International Films + Visual Arts Festival ECOFILMS

O cinema de Poesia participa do Festival ecológico na Ilha de Rodos/Grécia, com o curta O mago. Participa do curta os atores Eduardo Struchcc e Cristina Pinheiro e trilha sonora de Alexander Ellias e Flávia Costa. O Festival acontecerá entre os dias 20 a 26 de Junho /2006.

Site http://www.ecofilms.gr/01.1.ecofilms_call_en.htm

_________________________________________________________________________________________________

OUTUBRO 2006

Cinema de Poesia é premiado na Grécia

A Força, realizado por Cristina Pinheiro e André Scucato com atuação de Alan Castelo foi premiado no dia 30 de setembro no 8 Panorama Internacional de cineastas independentes, realizado na Grécia. O curta foi eleito pelo juri como o melhor vídeo de arte do festival.

Este ano no Panorama Internacional de Cineastas Independentes na Grécia participaram mais de 35 países com 168 curtas selecionados. A Força era oúnico representante brasileiro em todo o Festival.

O curta produzido em agosto de 2005 mostra a força encontrada na sutileza dos movimentos, nos gestos das cores e no esforço do humano e sua resistência. Este ano ele foi exibido na Inglaterra no Porto Bello Film Festival (junto com outros 16 curtas do Cinema de Poesia), no Unifest na Espanha, no festival Internacional de curta metragem de Roma (Itália), Videolab em Portugal, Festival Reanimacia na Polônia entre outros. No Brasil participou diversos festivais como o a Mostra do Filme Livre 2006 (junto com outros 31 curtas do Cinema de Poesia) ,Festival Internacional de curta-metragem do Rio de Janeiro, no Festival de Cinema e vídeo de Tiradentes, e no Indie 2006 realizado em Belo Horizonte.

A próxima exibição do “A Força” será no concorrido Festival de Cinema Vina del Mar, que acontece no final de outubro e começo de novembro. No ano passado o Cinema de Poesia participou do Vina del mar com o curta Três tons sobre o poema de um pintor, que retrata a obra e o processo de criação do pintor Morvan Brandão. Depois “A Força” será exibido na Polônia, em dezembro no Festival Internacional de filmes independentes, junto com o curta The Play.

Cinema de Poesia tem dois curtas no Festival Internacional de Cineastas Independentes na Polônia

Cinema de Poesia tem dois curtas selecionados no Sopot Film Festival 2006, Festival Internacional de Cineastas Independentes, a ser realizado na Polônia, entre os dias 10 e 15 de dezembro.

O primeiro curta é A Força, premiado recentemente no 8 Panorama internacional de Cinema Indepente na Grécia como melhor vídeo de arte do Festival e o The Play, Melhor vídeo desing da 6º Mostra de Imagem em movimento promovido pela UFMG e o Segundo Melhor Vídeo Experimental no XII Festival de Vídeo de Teresina.

Os dois curtas estão selecionados para competir na categoria de animação.

Site do festival http://2006.sopotfilm.com/

_________________________________________________________________________________________________

SETEMBRO 2006

O Egito reconhece e valoriza a arte Brasileira

O Cinema de Poesia realizado por Cristina Pinheiro e André Scucato foi convidado pelo governo do Egito para participar do seminário mundial sobre Cinema de Poesia, o primeiro que aborda este tema no país. O seminário aconteceu durante o 10 Festival Internacional de documentários e curta- metragem de Ismailia,realizado entre os dias 15 e 22 de setembro, reunindo poetas, cineastas, críticos e estudiosos do assunto.

Neste festival participou na mostra competitiva o curta Trem do Poeta, realizado na cidade de tiradentes em 2004.

A proposta e o trabalho realizado por Cristina Pinheiro e André Scucato, fundamentado na meta-arte e no estudo de todas as artes foi o quarto a ser apresentado e o primeiro a receber aplausos. Entusiasmados pela paixão e pela arte dos dois artistas brasileiros surgiu o convite para uma mostra de todos os trabalhos no Cairo – A maior cidade do Egito – e o convite para participação em diversos festivais internacionais.

O Cinema de Poesia realizado pela dupla brasileira nos últimos dois anos é constituído por uma obra composta por 50 curtas-metragens, um documentário sobre o cineasta Jean Cocteau, e um média-metragem sobre a obra da pintora Carlinda Brandão. Tudo realizado sem apoio do governo ou de empresas particulares.

Aos poucos a visibilidade internacional vai se consolidando. Selecionado pelo segundo ano consecutivo para representar o Brasil no Festival de Cinema Vina del Mar, o Cinema de Poesia tem uma marca impressionante que já conta com mais de 250 exibições nacionais e internacionais de seus trabalhos em mais de 15 países, além de 8 Mostras de seus trabalho no Brasil, Portugal, Canadá e Inglaterra.

André e Cristina aproveitaram a oportunidade para divulgar o trailler do primeiro longa da dupla, – Antonin Van Artaud Gogh – sobre a vida e a arte do pintor Van Gogh e do poeta e dramaturgo Antonin Artaud. Com trilha original de João Gabriel o longa possui metade das cenas filmadas, e tem previsão finalização para o final de 2007

Teoria selecionado para o 5º Ecocine

Teoria foi selecionado para o 5º Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental. Em 2006 o Festival coloca em foco a questão ambiental a partir da perspectiva humana do planeta, e será realizado pela primeira vez na cidade de São Paulo. Realizado no ano de 2004, com 3 minutos de duração, é a primeira trilha assinada pelo Cinema de Poesia em curta-metragem. O roteiro discursa contra a destruição do planeta, a corrupção de valores, a poluição em todos os sentidos. Teoria é um libélulo, um grito partido da liberdade natural em busca do equilíbrio na Terra

O festival acontece entre os dias 17 e 23 de novembro. Maiores informações acesse o site do festival em http://www.ecocine.com.br/site.htm

O Mago é selecionado no Fest Cine Pacoti

O curta o Mago foi selecionado para participar do Festival de Cinema Ambiental de Pacoti, no Ceará. O mago é um curta que mostra a magia da natureza, personificada na interpretação dos movimentos e sua aproximação com o fantástico. Em cena o ator Eduardo Strucchi e Cristina Pinheiro.

Este ano o Cinema de Poesia participou de diversos festivais ambientais, tendo conquistado o prêmio de Júri Popular no Monvia, no Espírito Santo, pelo trabalho Compassos Formigáveis, realizado em Porto Alegre e no Rio de Janeiro que documenta os diversos ritmos da vida das formigas.acontece entre os dias O 1º   Festival Nacional De Cinema E Vídeo De Pacoti acontece entre o dia 11 e 15 de outubro no Ceará.

Site – http://www.festcinepacoti.com.br/

Festival Vina del mar seleciona cinema de poesia pelo segundo ano consecutivo

O Cinema de Poesia, formado pela diretora e atriz Cristina Pinheiro e pelo poeta André Scucato representa o Brasil pelo segundo ano consecutivo no Festival de Cinema Vina Del Mar com o curta-metragem A Força, com a interpretação do premiado diretor Alan Castelo.

Este ano o curta A Força participou do Festival Internacional de curtas de Roma, Porto Bello Film Festival e do Video Lab, além de exibições em competições naPolônia, Portugal, Inglaterra, Espanha, Grécia, Itália e Peru. Recentemente a Força foi exibido no Festival Indie 2006 em Belo Horizonte, e no Festival Internacional de curta-metragens do Rio de Janeiro e o Festival de Tiradentes.

No Festival de Cinema Vina del Mar de 2005 foi selecionado o primeiro curta do Cinema de Poesia, Três Tons sobre o poema de um pintor, que retrata o processo de criação do pintor Morvan Brandão e a relação entre a cor e o som no cinema.

Site - http://www.festivalcinevinadelmar.cl/

AGOSTO 2006

Cinema de Poesia exibe 17 curtas metragens na inglaterra.

Considerado pelo The Independet como a maior celebração do filme independente na Europa, o Porto Bello Film Festival exibe 17 curtas do cinema de poesia. Criado em 1996 com a intenção de promover novos cineastas,durante 3 semanas, irão exibir músicas, filmes e artes visuais para um público estimado em 15 mil pessoas.

A importância deste festival é tamanha que geralmente os filmes exibidos em Cannes ou no Edinburg Festival são regularmente exibidos no Porto Bello film festival.

O Cinema de Poesia abre a mostra brasileira com 17 curtas que serão exibidos no dia 9 de agosto de 2006,das 18h ás 23 horas, na Westbourne Studios, em Londres. Ao total a mostra brasileira exibe 28 curtas-metragens.

O cinema de poesia que já se destacou este ano participando de quatro festivais na Grécia e mais diversos festivais europeus continua a sua caminhada pela arte. Ao total foram mais de 70 seleções em festivais internacionais de mais de 120 seleções em exibições internacionais dois anos de existência.

A série Desfolhares faz a sua estréia internacional

Exibido pela primeira vez em festivais, esta série faz parte de uma pesquisa de fotografia com a câmera e a dança. Nasceu da imcompreensão dos trabalhos da série poetas, em que são misturados pintura, dança e fotografia e cinema, sem utilizar recursos de computação gráfica ou pós produção.

O conceito desta série é a  utilização de uma caligrafia particular da câmera que, na liberdade de movimentação, consegue extrair da imagem brutas captadas texturas próximas a pintura. Desta forma o trabalho do editor começa a se equivaler ao do pintor, utilizando tinta como matéria prima.

O primeiro curta da série é o Desfolhando.  Realizado com as imagens brutas do Jardim do Poeta e com a música de João Grabiel Herculando. Além do desfolhando a série é composta pelos curtas Liberdade e descarrilhando.

Cinema de Poesia leva o teatro carioca para as telas da Inglaterra.

O cinema de poesia há 5 anos estuda o teatro indepentende do Rio de Janeiro, acompanhando o trabalho do diretor Alan Castelo.  Dos 17 curtas do Cinema de Poesia selecionados no Porto Bello Film Festival, 11 trabalhos foram realizados para ou sobre espetáculos teatrais deste autor carioca.

O premiado The Play foi o curta-metragem de abertura da peça THE PLAY, de autoria de Alan Castelo encenada em 2004. Femina Cristais, prêmio de melhor edição profissional do festival guaçuano teve como fonte a peça 3,14 que rodou os palcos do Brasil no ano passado. O Carro, Eremita, Enamorados, Morte do Enforcado, Um outro verso do espaço virtual, Força, Mago, Sol e Lua fazem parte do cenário cinematográfico realizado para a peça Roda da Fortuna, apresentada no Rio de Janeiro em julho de 2006.

Além destas companhias, o Cinema de Poesia estuda o teatro e o cinema do companhia Os Soberanos e do diretor Renato Carrera.

Veja os filmes selecionados no Festival de Porto Bello

O Carro
Eremita
Femina Cristais
Enamorados
A morte do enforcado
Elevador Capítulo III
The Play
Um Outro Verso Do Espaco Virtual
Força
Mago
Sol
Lua
Metonimico
Libertando
Desfolhando
Descarrilhando
Antitese

Site oficial http://www.portobellofilmfestival.com/index.html

JULHO 2006

__________________________________________

Cinema de poesia é convidado a participar de festival na Turquia

O Mago foi convidado para participar do 2 Mediterrâneo Award Film Festival, na Turquia, no mês de setembro. O convite partiu do Diretor das Nações Unidas Sérgio Illuminato quer viu o curta O Mago no Festival da Ilha de Rodos, na Grécia e, admirado com o trabalho fez o convit

Junho 2006

__________________________________________

Cinema de Poesia se destaca na Grécia

O Cinema de Poesia há dois anos participa de festivais nacionais e internacionais, acumulando um número superior a 300 exibições de curtas em Festivais e amostras em todo o Mundo.

Este ano, entre Abril e junho de 2006 foram selecionados e exibidos 7 trabalhos do Cinema de Poesia somente na Grécia.

Não é raro ver a estréia de um trabalho no exterior.   O Trem do Poeta, Sinestesia, Carro, Sol, Lua, e o nosso primeiro média-metragem Réquiem do Poeta são alguns exemplos que foram exibidos primeiro na Europa e na América Latina e posteriormente encontraram espaço para a exibição em nosso país.

O Sol fez a sua estréia na Grécia, no Athens Video Art Festival, que também selecionou o Jardim do Poeta e Materialismo Dialético, um co-produção com o Cineasta Vinícius Cabral, diretor e roteirista deste útimo curta.

A Lua, que também fez sua estréia na Grécia, foi exibido em abril   no terceiro Naoussa International Short Film and video Festival.

No final de junho, será exibido o Mago, no Rodos International Films e no Visual Arts Festival Ecofilms.

A Força e o Trem do Poeta foram selecionados para o Festival International Panorama of Independent Filmakers. Nem encerrada as inscrições recebemos um email do diretor de arte do Festival   Chionidis Panagiotis, elogiando os trabalhos enviados, exaltando sua beleza e dizendo-se honrado por ter nossos fimes em seu festival

Site dos festivais ggegos que o Cinema de Poesia participou em 2006.

http://www.independent.gr/english/index.htm

http://www.athensvideoartfestival.gr

http://www.ecofilms.gr/

http://www.artion.org.gr/en/terms.htm

Maio 2006 __________________________________________

Videolab em Portugal exibe diversos curtas do Cinema de Poesia.

Videolab é um projecto de promoção e divulgação das artes, tendo por base o multimédia;O seu objectivo principal consiste em apresentar trabalhos de boa qualidade, que reflictam a sociedade em que vivemos, para que se possa, de certa forma, contribuir para libertar a voz da consciência e promover o enriquecimento cultural do nosso público. Desse modo, a recolha e exibição de trabalhos é feita sem quaisquer restrições quanto a tema, género, duração ou ano de produção;

O projecto assenta num espírito de iniciativa sem fins comerciais, daí que não sejam cobrados quaisquer valores para a inscrição, exibição e divulgação dos filmes. Da mesma forma, as cópias deverão ser disponibilizadas gratuitamente pelos realizadores;

Em todo o processo é incentivada a iniciativa criativa conducente a um alargamento das actividades do Projecto Videolab. No fundo, pretende-se que a realização principal do Projecto – as mostras Videolab – possa assumir diversas vertentes, para além da sessão de filmes: debates, apresentações, workshops, palestras, exposições, instalações, espectáculos multimédia.

Videolab 2- Mostra de filmes em DVD + TV   2 A 30 de Junho na galleria Santa Clara   – O Mago

Videolab 4: “CORPO” + “Ser no Tempo” (Projecto Vídeo-dança de Beatriz Pimentel e Pedro Pimentel) – 3 de Junho (Sábado) ás 22horas. Museu dos transportes.    O Carro e a Força.

Videolab 6: 5 de Junho   22 horas no Museu dos Transportes.   – Je suis Jean Cocteau

Great Night Fashion – Festa Fila K, no dia   14 de Junho às 21h30. Museu Nacional da ciência e Técnica Dr. Mário Silva.   a torre   femina cristais   a força

Videolab 18, no dia   21 Junho – Quarta às 21h30 no Teatro Acadêmico Gil Vicente   Enamorados

Videolab 22 Encerramento – 29 para 30 de Junho – Sexta à meia-noite no Jardim Botânico   – O eremita

Site Oficial Projecto Videolab www.videolab..ath.cx

Março 2006

__________________________________________

Cinema de Poesia realiza uma amostra de seus trabalhos no Canadá.

Convidado por Jordan Tannahill, O produtor executivo do Canadian National Youth Film Festival 2006, o Cinema de Poesia fará sua primeira estréia no Canadá.

Ao todo serão oito curtas que serão exibidos diariamente entre os dias 29 de março e 2 de abril. A estimativa é de que 1200 pessoas assistirão aos trabalhos de Cristina Pinheiro e André Scucato no Canadá nas quatro sessões agendadas no prestigiado Alumni Auditorium, na Universidade de Ottawa.

Esta é a quarta amostra internacional do Cinema de Poesia em menos de um ano. No ano passado foi realizada uma amostra de três dias em Portugal, a convite do VideoLab, Uma noite de abertura na Inglaterra. A série Elevadores, que recebeu no Cinema Universitário o prêmio de Pesquisa de Linguagem realizando uma amostra em diversos países da américa Latina.

Depois de ser exibidos em mais de 15 países, a arte do cinema de poesia começa a ser reconhecida em território nacional. Foram 5 amostras nacionais. Duas em Belo Horizonte (uma pelo projeto curta-minas e outra a convite do Itaú Cultura), duas em Porto Alegre (uma a convite de Bia Weither do Cine oito e outra a convite do Itaú Cultural.

Neste ano o Cinema de Poesia foi homenageado da Mostra do filme livre, realizado no CCBB e na Casa França Brasil, exibindo 30 curtas e um média metragem.

Jordan Tannahill, produtor do festival canadense diz-se honrado por ser o responsável pela estréia do Cinema de Poesia no Canadá. Para maiores informações sobre o festival acesse

www.cnyfilmfestival.com.

SETEMBRO

__________________________________________

TRÊS TONS SOBRE O POEMA DE UM PINTOR é selecionado para a mostra competitida do festival internacional de Cinema Viña Del Mar.

Três tons sobre o poema de um pintor, é o único registro do processo de criação do pintor Morvan Brandão, sendo o primeiro curta do Cinema de Poesia.

O Festival de Cinema Viña Del mar acontecerá este ano entre os dias 08 e 15 de outubro no Chile.

Reconhecido internacionalmente, este Festival é o maior do Chile e um dos maiores Festivais de Cinema de toda América Latina, tendo se transformado com o passar dos anos em um foco importante para discutir e exibir a produção cinematográfica e audiovisual dos países da América latina, Caribe e Países Ibéricos.

Desde 1967 contribui para o desenvolvimento do cinema independente e cinema de autor, sendo de fundalmental importância para o desenvolvimento da produção e criação cinematográfica do Chile e de toda América Latina.

Saiba mais sobre o curta Três Tons Sobre o Poema de Um Pintor
Site Oficial do Festival

AGOSTO

THE PLAY Selecionado no 2º International Festival of Young Filmmakers, na Hungria. O único representante brasileiro no festival.

Site do 2º International Festival of Young Filmmakers

_______________________________________________________

Trem do Poeta foi selecionado para participar do Primeiro festival Latino-Americano de curta-metragem de Canoa Quebrada, que acontecerá entre 16 a 20 de setembro, no Ceará.

Site do curtacanoa

________________________________________________________________

LUCANIA FILM FESTIVAL

Trem do Poeta, The Play e Sinestesia foram exibidos no Festival Internacional de Curtas de Lucania, na Itália. Novamente o Cinema de Poesia era o único representante Brasileiro e Sul Americano no Festival.

Site do festival Lucania Film Festival

________________________________________________________________

JULHO

PRÊMIO MELHOR EDIÇÃO – FEMINA CRISTAIS

Femina Cristais vence na categoria Ficção Profissional e leva o prêmio de Melhor edição no III Festival Guaçuano de Vídeo de 2005.

Femina é o primeiro trabalho de ficção do Cinema de Poesia e estava concorrendo com curtas como “Uma jangada chamada Bruna” e “Dolores”.

O III FESTIVAL GUAÇUANO DE VÍDEO – 2005

Femina Cristais estréia em festival no Brasil. Curta realizado sobre a peça 3,14 A Matemárica Gera Emoção, do Diretor Alan Castelo. Finalizado em maio, já participou de uma amostra em Porto Alegre, em Belo Horizonte e em Portugal. Femina Cristais, com duração de 9 minutos, está competindo na categoria de Ficção Profissional.

Categoria Animação

Metonímico foi selecionado para a categoria animação. Recentemente passou em Portugal e no FAM 2005. Possui trina original do DJ Nino Carlo, que também atua no curta-metragem.

Trem do Poeta, finalizado em Fevereiro de 2005, estreiou abrindo o Festival Sin Fronteira Film Festival, realizado no México. Foi exibido em Portugal, Polônia, participou do X Festival Brasileiro de Cinema Universitário e venceu a categoria de Melhor Edição no 28º Festival Guarnicê de Cinema.

Categoria Documentário

Na categoria Documentário o Rio Abaixo, dirigido por Carlos Sanche, editado por André Scucato passará no dia 22 de julho no festival.

Programação do Festival

Dia 22 de Julho – Documentário
Rio Abaixo 60 minutos.

Dia 23 de Julho- Ficção Profisisonal
Femina Cristais 09 minutos

Animação
Metonímico 03 minutos
Trem do Poeta 06 minutos

Site oficial http://www.mguacu.com.br/fest/fest.htm

JUNHO

Trem do poeta ganha prêmio de melhor edição no 28º Festival Guarnicê de Cinema

Trinta e oito vídeos de onze estados brasileiros nos gêneros documentários, ficção, animação e artísticos disputaram os concursos do 28º Festival Guarnicê de Cinema, que aconteceu de 17 a 23 de junho, em São Luís, Maranhão. O Trem do Poeta, realizado por André Scucato e Cristina Pinheiro venceu na categoria de Edição.

O Trem do Poeta, produzido em fevereiro de 2005 estreiou abrindo o Festival de filmes sem fronteira, no México, no mês de março. Na mesma semana passou no 9 Festival Jutro Filmu 2005, em Varsóvia, Polônia.

No Brasil ele estreou em junho no Plano Geral, projeto Geringonça realizado no Sesc Tijuca do Rio de Janeiro. O Trem do Poeta foi exibido também no 10 Festival de Cinema Brasileiro Universitário.

TREM DO POETA – Vídeo, fotos e Informações

The Play, único curta da América Latina competindo no Morbegno Film Festival 2005, Itália.

The Play, é selecionado para o Morbegno Film Festival 2005, Um dos mais representativos de toda a Europa. O festival que acontece entre os dias 21 a 25 de setembro na Itália recebeu 450 trabalhos em vídeo e película de todas as partes do mundo.

The Play, editado e roterizado por André Scucato, produzido por Alan Castelo e com trilha original de Alexandre Elias e Flávia Costa é o único representante da américa latina do Festival competindo no festival.

Realizado em Junho de 2004 para abertura de uma peça de teatro chamada The PLay, de Alan Castelo, o curta participou de 15 festivais, foi exibido em Portugal e Polônia além de ganhar dois prêmios:

- Melhor vídeo design da 6º mostra de imagem em movimento, promovido pela UFMG. (julho 2004) – Belo Horizonte/MG/BRASIL

- Segundo melhor vídeo experimental no XII Festival de Vídeo de Teresina – Festvídeo (Teresina) (dezembro 2004)/BRASIL

THE PLAY – Vídeo, fotos e informações

Primeira Amostra do Cinema de Poesia na Europa

É com imensa satisfação que o Cinema de Poesia recebe o convite da VideoLab, de Portugal, para a realização de sua primeira amostra fora do Brasil.

A amostra levará as teorias e os principais trabalhos do Cinema de poesia para Portugal, Coimbra, entre os dias 16 a 23 de julho.

Em breve a programação do evento no site. Para conhecer o vídeo lab acesse www.videolab.ath.cx

Cinema de Poesia conquista prêmio de Pesquisa de Linguagem no 10º Festival Brasileiro de Cinema Universitário

“Pelo trabalho de câmera, de edição e de som evidenciarem – dentro de uma proposta que parece se restringir a uma manipulação de imagens – o quanto elementos básicos de linguagem audiovisual estruturam a composição, o ritmo e o sentido, DESTAQUE PARA PESQUISA DE LINGUAGEM para a série ELEVADORES de André Scucato” da Faculdade Veiga de Almeida”

Trilha Original Composta por João Gabriel Herculano

Sobre a Série Elevadores

São Paulo – 8 a 12 de junho Cinemateca Brasileira – São Paulo – SP-

Série Elevadores, premiado em pesquisa de linguagem no 10º Festival Brasileiro de Cinema Universitário

Sessões com os destaques das Mostras Competitivas de Curtas e de Vídeos e exibição do curta metragem do Projeto Sal Grosso IV.
A Mostra Homenagem Paulo Emilio Salles Gomes e a Mostra Retrospectiva Premiados 10 Anos de Festival também terão sessões especiais na Cinemateca Brasileira.

Local:
Sala Cinemateca
Largo Senador Raul Cardoso, 207 – Vila Mariana
próxima ao Metrô Vila Mariana

Premium Wordpress Themes